quarta-feira, 2 de abril de 2008

Como matei o Ministro.


Blogueiros que tenham escrito 1 livro há muitos, até eu próprio estive quase para escrever um se a Dom Quixote não se tem baldado. Mas dois livros, péra lá... isso já começa a ser obra.
E é esse o caso do Carlos Barros, nosso companheiro de blogs, que depois do Vazio de Cores, publica agora o "Como matei o Ministro". O rapaz da voz sexy está imparável e eu sou testemunha disso pois já dei uma vista de olhos ao Como matei o Ministro (entre duas sonecas) e estou em condições de afirmar que a capa é gira e que fica muito bem em qualquer estante moderna comprada na Moviflor, isto além da escrita que é muito boa (visitem o blog do Carlos Barros e percebem logo do que é que estou a falar).
No próximo Domingo, dia 6 de Abril, em Santarém, (ver blog do autor) vai fazer-se o lançamento da obra. Eu estarei presente mas só na condição de me deixarem pintar o cabelo ao Carlos com tinta Majiblond 900S.

Etiquetas:

5 Comentários:

Blogger linfoma_a-escrota disse...

www.motoratasdemarte.blogspot.com

03/04/2008, 15:53:00  
Blogger O Criminoso disse...

UIH!

Mas o que é que se passou aqui? Isto não era assim! Uma pessoa desaparece durante uns tempos e quando chega aqui isto tá tudo muito bonito e sentimental? Quem és tu?

O Bino que eu me lembro nunca pensaria sequer em por palmeiras na sua casa... quanto mais moinhos à beira da água!

Estou em estado de choque... mas de qualquer das maneiras, Abraço

04/04/2008, 12:31:00  
Blogger Carlos Barros disse...

Grade Bino essa tua imprevisibilidade assusta-me...
Amigão fiquei babado a olhar... para o que escreveste...
não sei de que tintas falas...mas deixo certamente...desde que não escrevas calsberg...hahahah
abraço

04/04/2008, 13:44:00  
Blogger Eric Blair disse...

isto está a ficar um blog sério; inda me pedem o BI...
O que eu tenho andado a perder ... por aqui e pelo quiosque do Carlos Barros...
Hasta

06/04/2008, 23:24:00  
Anonymous Isabel Sardo disse...

Que não restem dúvidas, este "Como matei o Ministro" vai longe...não só a capa é apelativa e gira, o conteúdo, pelos excertos que li, promete. Quando o tiver lido na totalidade direi algo mais...
Ah! mas tenho a certeza que o "nosso amigo" Carlos não vai ficar por aqui, outros livros irão nascer...ele próprio já o disse no seu blog...É só uma questão de tempo.
Parabéns ao escritor e a ti Bino pelo teu artigo.
beijo

08/04/2008, 15:38:00  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial