domingo, 11 de fevereiro de 2007

Esta, era só pró cu.

Existe um tipo de gajas que, suponho, todos os homens detestam. Falo evidentemente daquelas tipas cuja vida, no ver delas, é um infinito mar de problemas e ninguém as compreende. Gajas destas, complicadas, entram numa espécie feminina a que chamo mulheres problemáticas.
As problemáticas, são uma seca pavorosa e, além de serem uma péssima foda, o trabalho que dão a comer não compensa o sacrifício. Por isso, nem lhes passo cartucho. É preciso um gajo andar muito rebarbado, ou então chamar-se Barradas, para sujeitar-se a tentar comer uma problemática. Por mim, a mãe que as ature.

A seguir às problemáticas, existe um outro tipo de fulanas que são as enjoadinhas.
As enjoadinhas, são gajas que imagino desprovidas de prazer sexual. Se um dia pegarem na picha do marido é com a ponta dos dedos, ou mesmo de luvas.
É claro que as enjoadinhas casam com totós, enjoadinhos versão masculina, ou então com tipos malandrecos que as desprezam, não param em casa e só as encornam.

Em terceiro lugar (a contar do fim) vem o género feminino que mais detesto e que são as nariz empinado. Bem sei que o nome podia ser mais giro, mas de momento não me ocorre outro e gajas assim também não merecem melhor.
As nariz empinado, no fundo, não passam dumas convencidas de merda, armadas com ares de superioridade e a julgarem que possuem uma cona sagrada, boa demais para ser profanada por gajos simples como o Barradas.
É claro que eu podia resumir toda esta descrição e chamar simplesmente betinhas ás nariz empinado. Só não o faço, porque também existem betinhas problemáticas, assim como betinhas enjoadas.
Recordo-me que quando andava na escola com o Barradas, na Junqueira, havia por lá muitas betinhas de nariz empinado.
Por vezes, quando alguma passava por nós a bambolear a peida, o Barradas costumava escapar entre dentes:
- Esta aqui, com as peneiras que tem, só pró cu !

No fundo, o que a frase queria significar é que as betinhas, provocavam-nos um tremendo desprezo e não eram a nossa comida natural.
Mas mais importante de tudo, reinava entre nós (ainda reina), uma crença segundo a qual, se enrabarmos à bruta uma betinha nariz empinado, consegue-se tirar-lhe as peneiras e tranformá-la numa mulher a sério. Pelo que, em nome do amor à humanidade, estaríamos dispostos a fazer esse sacrifício de a enrabar.
Evidentemente trata-se duma teoria nunca comprovada cientificamente, mas não deixa de ser um pensamento reconfortante: pensar que se pode tirar as peneiras a uma betinha com uma simples enrabadela a frio.
Ainda hoje, quando vejo uma betinha, costuma vir-me essa imagem à cabeça.

Etiquetas:

19 Comentários:

Blogger Erecteu disse...

Essas e outras, também me dão ganas de lhes saltar em cima. Só para as deixar bem fodidas, claro.
Um abração

12/02/2007, 00:37:00  
Blogger Carlos Barros disse...

esse é o genero de gaja que...pois..claro...como sempre tens razão bino..é por isso que és o meu guru..

abraço

12/02/2007, 19:08:00  
Blogger Luis Pestana disse...

Já se é guru e tudo...muito bem...

12/02/2007, 22:34:00  
Blogger Luis Pestana disse...

Quando precisares de gente para os testes, com o objectivo de comprovar a teoria avisa!

12/02/2007, 22:36:00  
Anonymous Talk Talk disse...

Também tenho essa imagem, a do enrabanço, mas acrescento algo mais... enrabanço enquanto lavam as quecas usadas de 3 dias (não é preciso mais) num tanque da roupa!

13/02/2007, 14:56:00  
Blogger heidy disse...

Um belo problema ó guru!

Se você dividem as mulheres em 3 tipos. Nós mulheres, também fazemos uma divisão. Os homens por quem vale a pena, nomeadamente, baixar o nariz, deixar de ser enjoadinhas, ou deixar de ter problemas; e aqueles por quem simplesmente, não merecem que se tenha esse trabalho. Sim, porque se existem as mulheres que o bino retratou... do vosso lado... deixem estar que existe cada parvalhão´, que até mete dó. Se calhar é por causa destes ultimos, que existem as mulheres atrás referidas. Qui ça... parvas são elas que se deixam levar. Mas isto são outros 31.


Kisses for the cat

13/02/2007, 17:14:00  
Anonymous Anónimo disse...

Matilde disse:

Ora, já que dissertou a proposito do sexo feminino...

Permita-me que diga que a maior parte dos homens disponiveis no mercado,enquadrados nas mais diversas categorias (convencidos, umbigueiros, desprovidos de personalidade a que acresce a ausência de caracter, etc, etc, etc) são de tão baixa qualidade, que também eles mereciam ser enrabados e passar a pertencer a uma mercado que melhor os absorvesse (mercado masculino, atento ser menos exigente)

Beijinhos doces

13/02/2007, 21:18:00  
Blogger Mikas disse...

Xiii grandes teorias

14/02/2007, 10:49:00  
Blogger heidy disse...

Ah grande matilde!!!!Voto pelo enrabanço dessas amostras de homens, que afinal não passam de homenzinhos.


tenham um excelente dia de s.valentim!

14/02/2007, 16:30:00  
Blogger maria_arvore disse...

Sempre me pareceu que à maioria dos homens lhes falta levar no cu para compreenderem as mulheres. Ó Guru que tens toda a razão nessa receita que curiosamente serve para ambos os sexos. ;)

E os homens, betinhos ou nãos, também são facilmente classificáveis em 3 categorias: os que se amam, os que se fodem e os que são para casar. ;)

14/02/2007, 20:54:00  
Blogger Tia Concha disse...

A minha teoria:

Meninas enjoadinhas: mal fodi...

Meninas problemáticas: precisam dum gajo que as domine e que lhe tire as teimas...

Meninas betinhas: andam em bandos, vão de férias para o sul de Espanha, em Portugal vão há missa, mas em Espanha andam de chicote na mão e traçam td o que mexe...

Agora vou dividir os homens:

OS Meninos da mãmã: normalmente paneleiros;

Os meninos arranjadinhos "demais": normalmente pensam que a pilinhá é para brincar. Não se esforçam, depois ainda reclamam que vão para a cama com uma "morta"...

Os meus preferidos, podem, ou não, ser bonitos, mas quando entram em algum sítio tem sex appeal, são os meninos misteriosos que nos deixam penduradas a olhar para o TM a pensar, porque é que o gajo não liga!!!! (ainda bem que ligou!ufa...)

14/02/2007, 22:09:00  
Blogger Manoel Carlos disse...

Que Barradas tenha suas fantasias, é coisa legítima, mas invocar o bem da humanidade para realizá-las... :0))

15/02/2007, 18:14:00  
Anonymous fernando cals disse...

Oi, Bino,
bela teorias, que precisam ser complementadas, ora pois!
Afinal existem aquelas que se pode foder, que gostam da arte e tem prazer no que fazem
Escasseiam, vale dizer, mas ainda existem.
Procuremo-las e as comamos!
Abração
fernando cals

16/02/2007, 00:10:00  
Anonymous spanishguittar disse...

Parabens ás mulheres que comentaram este post. Souberam faze-lo de forma inteligente por isso não acrescento mais nada.
Peço, no entanto, ao 'Bino' que dê o meu numero de telefone ao primeiro homem que conseguir ser mesmo tão bom na cama como apregoa. Isso sim seria lindo e tirava de uma vez por todas as duvidas sobre se os gajos portugueses valem tanto como o respectivo discurso.

17/02/2007, 22:52:00  
Anonymous XS disse...

As gordas são as melhores. No Inverno aquecem, no verão fazem sombra.

19/02/2007, 00:08:00  
Anonymous Anónimo disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

22/02/2007, 20:12:00  
Anonymous Anónimo disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

23/02/2007, 22:33:00  
Anonymous teresa disse...

Bem, vim ter aqui e nem sei bem como. tambem nao sei se posso comentar vito que sou menor de idade, mas prontos. Vendo bem as coisas eu sou uma mulher confusa, que grupo me aconselha? as problematicas suponho, ahahah.
Bem, era so para dizer : " quem desdanha quer comprar " isso ca para mi foi algum trauma com alguma nariz empinado...

03/05/2008, 22:46:00  
Anonymous Calçadinho disse...

Estás a ver a cara das gajas quando estás a enrabalas? Tanto faz ter o nariz arrebitado ou não. se ela fôr educadinha, até pede desculpa por estar de costas.

13/01/2009, 22:22:00  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial