sexta-feira, 13 de abril de 2007

O doutor da Mula Ruça (1º episódio da novela homónima)

Dizia-se doutor e como vivia com a Quitéria, era conhecido cá na zona pelo nome de “doutor da Mula Ruça”, por causa da alcunha da companheira.

A filha mais nova do tio João Marques, era uma bela moça, alta e peituda, com as curvas todas no sítio, curvas em número mais que suficiente para virar a cabeça de qualquer homem apreciador do sexo feminino.
A Quitéria, assim se chamava a rapariga, sabia que era boazona e, ainda por cima, era amiga de se arranjar. Todos os meses, a cachopa pintava o cabelo na cabeleireira, em tom de loiro platinado, tal Marilyn Monroe.
Não se sabe a quem puxou, mas era evidente que a moça tinha nascido com umas ideias demasiado avançadas para a época. Por volta dos 18 anos falava-se que já tinha fornicado com mais de metade da rapaziada cá da aldeia e, dizia-se mesmo que uma vez até tinha feito sexo oral. Não admira portanto, que aos 19 anos, talvez por causa deste comportamento e também da cor extravagante do seu cabelo, a Quitéria tivesse granjeado a alcunha de “Mula Ruça”.
Foi então, num belo dia de Setembro, que a “Mula Ruça” resolveu partir para se empregar na casa duns ricaços em Lisboa (na versão de uns) ou para ir prostituir-se numa casa de meninas, algures para os lados da Travessa da Glória (na versão de outros).
Os anos foram-se passando. Eu, entretanto, estive emigrado por essa Europa fora e, confesso que até já me tinha esquecido da “Mula Ruça” (e do broche) quando não é o espanto, meu e de todos cá na terra, quando se soube que a “Mula Ruça”, após vinte anos de ausência, resolvera regressar à terra que a tinha visto nascer.

Eram dez horas da noite. Entrei no café do Mocho e sentei-me ao balcão. Vinha dum dia lixado no stand, sem ter conseguido vender nenhum carro.
Foi por volta da minha segunda cerveja que a curiosidade se me despertou. Quem seria a jeitosa sentada na mesa do canto acompanhada daquele indivíduo com ar de chulo?
(continua).

Etiquetas:

17 Comentários:

Anonymous nena disse...

não..meu querido bino!..não era a tal da mula, era ainda melhor que essa mula vadia, broxista e oxigenada..era euzinha da silva..aqui..esta gaja boa cumó milho, que não ligavas nenhuma quando era piquena e te partia os óculos lá no recreio da escola..lembras-te?..pois é!..era eu, a tal que passou por ti que ficaste de olhos esbugalhados, a babares-te todo e a arfar que nem 1 camelo cheínho de sede há mais de 3 quinze dias..
ha.ha.ha..eu bem vi que não me reconheceste nem quando te apalpei descaradamente á saída e tu aflito que ías levar 1 carga de porrada por aquela besta que me acompanhava e que pensou que tinhas sido tu a apalpar.me a mim...
hahaha.ha.ha...ganda cena! aquilo só visto ó bino..era eu homem!
ahahaha.ha.ah..

13/04/2007, 21:49:00  
Blogger heidy disse...

Nena nena... olha lá, pode ser morena! Nesse caso era eu. Quanto às más linguas, peço desculpa, mas foi tudo mentira!!! Só um broxe? atão qué lá isso? em relação ao indivíduo com ar de chulo... era nada mais, nada menos, que um padre jesuita. Onde estive estes anos todos? num convento das carmelitas. Prontus! Desvendei o segredo.

besus for the cat

14/04/2007, 01:13:00  
Anonymous Anónimo disse...

perguntou-me se terás visto as publicidades do atum BomPetisco :D

uhahauhauhauhauhu

os homens portugueses andam certamente a virar.. n?

bjoO

16/04/2007, 02:24:00  
Blogger Erecteu disse...

Segue promete.
Já lá vão duas a reivindicar.
Eu, é que juro nã ter tido nem chupado, infelizmente.

16/04/2007, 13:33:00  
Blogger Osc@r Luiz disse...

Bino, meu amigo...
Venha conhecer a nova sede do meu blog:
http://oscar-vg.spaces.live.com/blog/cns!310DEE5B35DC2DE5!1329.entry
Venho sempre aqui, aprimorar meus conhecimentos sobre a vida sexual e tudo mais pertinente a ela!
Um abraço e tenha uma boa semana!

16/04/2007, 16:30:00  
Anonymous rick disse...

Muito divertido aqui!

17/04/2007, 14:00:00  
Anonymous nena disse...

ó abrupto!..manda aí uma abruptadela..

17/04/2007, 20:59:00  
Anonymous nena disse...

atam?..na m´dizes nada?..

19/04/2007, 01:48:00  
Blogger Binoc disse...

Não ligo a gajas da Abrunheira

19/04/2007, 08:40:00  
Blogger heidy disse...

lololololol Gaijas? Vês nena! É contigo. lol Sintra está muito alémmmmmmmmmm. lol Oléeeeeeeeeeee

19/04/2007, 11:13:00  
Anonymous nena disse...

mas eu nem sei onde fica essa tal da abrunhosa carago!..ó heidy!..dá aí uma ajudinha, onde é que isso fica?..(atão se calhar enganei-me,..andei na escola aqui em fátima c'um gajo na turma que pensava que eras tu, piroso tal e qual..(mas eu li em algum lado que andavas aqui por estas bandas man..mau!..já me baralhaste..)
que raio!?!?!...

19/04/2007, 13:10:00  
Anonymous nena disse...

ó heidy..és morena?..no convento?..afinal ele tá é a falar pra ti ó miuda!..
he.he.heee.e..

19/04/2007, 13:12:00  
Blogger heidy disse...

Já abandalhamos isto ao binoc. lol


Pah, abrunhosa... só o tal dos óculos escuros. Será? Aquele que tem a mania que e cantor... tás a ber?

É? Chamou ao pobre padre... "cara de chulo". lol Algo não combina. Será do terço? hum...

19/04/2007, 18:39:00  
Blogger Tia Concha disse...

Óblá,

Mas a mula então era falsa?!?!

Conseguiste espreitar esse detalhe?

19/04/2007, 22:05:00  
Anonymous nena disse...

mas atão este sitio não era para abandalhar o mais possivel?..até vou tocar prá banda bininho fOfinho só pra te agradar queridinho..
umm.smak!.smak!bjinho!
lindinho!

19/04/2007, 22:19:00  
Blogger Papo-seco disse...

num começo de história talvez fosse mais aconselhável substituir a palavra fodeu por conviveu

cria mais mistério à personagem

Sei lá. Tás a ver?

Mas quem sou eu para estar aqui a dar conselhos

20/04/2007, 12:52:00  
Blogger Binoc disse...

ou mesmo conheceu ( em sentido bíblico ). Está bem visto Papo-seco.

20/04/2007, 14:24:00  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial